12 de novembro de 2012

REBELIÕES REGENCIAIS


"Todas as formas de governo que não levam em consideração as necessidades do povo e não promovem melhorias tendem a sofrer com revoltas e rebeliões, pondo o seu poder em prova. Foi justamente isso que ocorreu no Brasil, na época de transição da Monarquia para a República.
Tudo começou em 1831. Como Dom Pedro I foi obrigado a abdicar do trono, deixando seu filho, D. Pedro II, em seu lugar, inicia-se um período de grandes modificações políticas. Na ocasião, D. Pedro II tinha apenas 5 anos de idade e, sendo menor, ficou sob a tutela de José Bonifácio. Em 1940, já com 14 anos, D. Pedro II é considerado como maior de idade e este fato causou grande disputa política e inquietação social, dando início a uma das fases mais conturbadas da história de nosso país.
Neste cenário, inicia-se uma série de motins de militares e levantes de civis. As primeiras rebeliões tiveram pouca força e foram facilmente reprimidas pelas forças militares da época, mas algumas delas foram bem organizadas e acabaram por modificar os rumos da nação, merecendo, portanto, ser citadas."

SAIBA MAIS, CLIQUE AQUI!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário!